quinta-feira, 10 de maio de 2012

Educação: direito de todos, privilégio de poucos



A educação, certamente, já começa a ser ensinada e praticada em casa (seria, talvez, a tal conhecida educação de berço...).
Certamente, também, ela é aprimorada na escola, ou pelo menos deveria ser. No entanto, não é o que costumamos ver por aí. Ainda existem muitas pessoas mal-educadas, que parecem nunca ter provado o sabor da educação.
         Quando se fala em educação, estamos querendo dizer: Respeito a si e ao próximo.
      É mais fácil ser tudo aquilo que a educação condena do que ser educado, no dito da expressão!
A educação não faz parte dessa ou daquela classe social. Todavia, há pessoas que nascem em um contexto menos favorável e conseguem ser mais educadas do que muitos que nascem nos chamados “berços de ouro”! Entretanto, só se educa, sendo educado.
      Sejamos com os outros o que gostaríamos que fossem conosco. Na prática, com todos, deveria ser pelo menos assim!
      Tragicamente, algumas pessoas ainda se questionam:
      - Ser ou não ser educado? Eis a questão.
      E, para esses, vai o nosso mais sincero perdão! Porque nós somos educados!!!

Crônica 
Atibaia-SP. – 06/04/2000

Nenhum comentário:

Postar um comentário