segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

O que me Move

O que me move são os Desafios
Por vezes Acerto
Por vezes quebro a Cara.

O que eu não posso fazer quando me Quebro?
Ficar estagnado? Isso não Posso.
Aproveito a experiência e sigo em Frente; lutando e Acreditando
O que importa é continuar me Movendo
O mundo não Para.

Os Acertos
Servem de combustível para eu ir muito mais Além
Os Erros
Servem de reflexão, manutenção e conserto para eu continuar indo Além
Jamais Aquém.

Mas, a vida é Assim
Que seja até o Fim
E que DEUS me Abençoe.

Flávio B. dos Santos
Poema

Santos-SP. - 10/12/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário